Parabéns aos pais!

Papai, Clara, Emerson e eu – 1997
Amanhã é o Dia dos Pais. Parabenizo todos os meus amigos e parentes que tem filhos, além de seus genitores, é claro. A paternidade é uma dádiva, nem me imagino sendo pai, mas admiro quem consegue criar e educar sua prole.

Perdi meu velho em 1998 e sinto a falta dele até hoje. Mas sei que o amor que eu e meu irmão sentimos por ele (e ele por nós) vem da vida passada, atravessou esta e, com certeza, a próxima. José Penha Tavares, eu amarei você para sempre.

Resumindo, parabéns aos meus tios, primos, amigos e meus colegas que são pais. Alguns são mais dedicados e amorosos, outros mais práticos e de poucos chamegos, mas o importante é o papel que vocês cumprem. Feliz Dia dos Pais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *