Parceria: TJAP e Prodap renovam alinhamento de cooperação tecnológica

Em reunião realizada nesta sexta-feira (24), no Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), o desembargador-presidente do TJAP, Adão Carvalho, e a juíza auxiliar da Presidência da instituição, Marina Lorena, realizaram tratativas com o presidente do Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap) do Governo do Amapá, Cirilo Simões Filho. Também estavam presentes no encontro o secretário de Estrutura de Tecnologia da Informação do TJAP, Genner Moreira; o coordenador de infraestrutura da TI do Tribunal de Justiça, Jonas Gil; e a equipe técnica do Prodap. Entre os temas debatidos e alinhados estão a retomada da cooperação entre os órgãos e apoio para o aprimoramento da migração do Tucujuris para Sistema de Processo Judicial Eletrônico (PJe), definido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) como sistema nacional de gestão processual.

Na oportunidade, foi acertado o apoio do Prodap ao TJAP com suporte de comunicação de dados (banda larga de Fibra Óptica) por meio da Rede Metropolitana do Amapá (METROAP), o que melhorará a capacidade de tráfego com a comarca de Santana, entre outras facilidades tecnológicas ao Poder Judiciário.

“Nós entendemos que a tecnologia é vital para a Administração Pública e a prestação de serviço à sociedade. Como principal órgão de gestão de TI do Estado, temos a obrigação de auxiliar as instituições nessa área. Por conta disso, queremos contribuir com o novo sistema que a Justiça Estadual está trabalhando. Reafirmamos nossa vontade se somar e apoiar o Poder Judiciário nesta iniciativa e em todas as outras que o TJAP precisar”, destacou o presidente do Prodap.

A juíza auxiliar da Presidência ressaltou a importância do uso da expertise do Prodap e o estreitamento das relações institucionais para cooperação técnica com o órgão. “Recebemos o presidente do Prodap e sua equipe e retomamos as tratativas para reavivar as cooperações entre as Justiça Estadual e o Centro de Gestão da Informação do Estado. Com esse apoio, seremos auxiliados tecnicamente em nossas empreitadas e pretensões no âmbito tecnológico”, pontuou a juíza Marina Lorena.

Saiba mais sobre o PJe

O Processo Judicial Eletrônico (PJe) é mantido pelo CNJ, em cooperação com tribunais para a gestão do processo judicial em meio eletrônico em todo o Judiciário. Trata-se de uma política nacional de tecnologia da informação colaborativa que tem o objetivo de manter um sistema de processo judicial eletrônico capaz de permitir a prática de atos processuais, assim como o acompanhamento dos processos, independentemente de sua tramitação na Justiça Federal, Estadual, na Justiça Militar ou na Justiça do Trabalho.

– Macapá, 24 de Março de 2023 –

Secretaria de Comunicação do TJAP
Texto: Elton Tavares
Foto: Sérgio Silva
Central de Atendimento ao Público do TJAP: (96) 3312.3800
Siga-nos no Twitter: @Tjap_Oficial
Facebook: Tribunal de Justiça do Amapá
Youtube: TJAP Notícias
Instagram: @tjap_oficial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *