PEC de Randolfe de adiamento das eleições tem apoio de 59% do eleitorado

 


A Proposta de Emenda à Constituição 18/2020, do senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP), que adia as eleições municipais deste ano por conta da pandemia do coronavírus, tem apoio da maioria do eleitorado brasileiro.

É o que aponta a pesquisa divulgada pelo DataPoder360, nesta terça-feira (30). Segundo o levantamento, feito entre os dias 22 e 24 de junho, 59% dos entrevistados declarou ser favorável ao adiamento do pleito, que irá renovar as câmaras de vereadores e prefeituras. Em maio, 60% defendiam a mudança de data e a queda está dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais.

Foram entrevistadas 2.500 pessoas em 549 municípios nas 27 unidades da federação. As entrevistas foram realizadas através de ligação para celulares e telefones fixos. A margem de confiança é de 95%.

A atual crise sanitária levou o Congresso Nacional e o Tribunal Superior Eleitoral a discutirem com representantes das áreas médica e científica a possibilidade de adiamento. No último dia 23, o Senado Federal aprovou em 1° e 2° turno a PEC de Randolfe sobre o tema.

As eleições estavam previstas para os dias 4 e 25 de outubro e, com a alteração, passariam para os dias 15 e 29 de novembro. A matéria agora está em análise na Câmara dos Deputados.

Adiamento sem manutenção de cargos

A pesquisa do DataPoder360 registrou também que caiu de 12 para 11% os que defendem o cancelamento das eleições e manutenção nos cargos das mesmas pessoas que os ocupam hoje.

Para o senador, o novo calendário eleitoral não pode estar associado com a manutenção de cargos.

“Uma possível prorrogação de mandatos seria inconstitucional. Não se pode aproveitar da mudança necessária no calendário eleitoral para uma aliança entre o vírus e a política oportunista. A prioridade na sociedade hoje é salvar vidas e os governantes devem estar sintonizados com esse momento”, declarou o parlamentar.

Assessoria de comunicação do senador Randolfe Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *