PERIGO: descaso em manutenção de ponte, na rodovia estadual A.P. 070, coloca população em risco – Égua-moleque-tu-é-doido!!

Ponte fixada na comunidade do Corre Água, na rodovia estadual A.P. 070 – Fotos: Lúcia Pimentel

As condições em que se encontra uma ponte, fixada na comunidade do Corre Água, na rodovia estadual A.P. 070, são precárias. A plataforma, que liga Macapá ao Distrito de São Joaquim do Pacuí e ao município de Cutias do Araguari, está deteriorada, o que coloca em risco os cidadãos que trafegam por ela. A situação preocupa tanto aos moradores das localidades citadas quanto a pessoas que residem na capital amapaense, mas precisam utilizar a estrada e realizam a travessia arriscada.

O fato foi denunciado pela servidora pública Lúcia Pimentel, na rede social Facebook. Na publicação, ela cobra uma medida urgente da Secretaria de Estado de Transportes (Setrap), para que o órgão faça os reparos necessários na ponte e assim evite um possível acidente no local.

Esta é uma ponte da A.P. 070, localidade Corre Água, que coloca em risco a vida de todos aquele que necessitam se deslocar para a região do Pacuí e município de Cutias. Apesar de ser do conhecimento das autoridades estaduais (Setrap), já algum tempo, nada tem sido feito, o que responsabilizará o Governo Estadual, em caso de ocorrência de vítimas ou danos materiais. Sou obrigada a passar constantemente pela localidade por este ser o único acesso a propriedade de minha família”, denunciou Lúcia Pimentel.

Conforme outros relatos de Lúcia, várias pontes na A.P. 070 estão danificadas, mas essa é a que apresenta maior risco aos que utilizam a rodovia estadual. Fica aqui o apelo da denunciante e deste site, para que não ocorra nenhuma tragédia anunciada na ponte em ruínas.

Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *