Pesquisa da Embrapa Amapá é selecionada para Conferência Mundial Planeta sob Pressão



Uma pesquisa da Embrapa Amapá sobre a contribuição dos serviços ambientais no módulo 4 da Floresta Estadual do Amapá (FLOTA/ AP) para o desenvolvimento sustentável local e regional foi selecionada para a Conferência Mundial Planeta sob Pressão 2012, em Londres (Inglaterra), no período de 26 a 29 deste mês. O estudo é coordenado pela pesquisadora Eleneide Doff Sotta, que estará no evento apresentando um poster contendo dados (preliminares) sócio-econômicos, biológicos e físicos coletados nos municípios de Oiapoque e Calçoene (AP), atualmente em fase de análise pela equipe técnica do projeto. O módulo 4 da Floresta Estadual do Amapá (Flota/AP) encontra-se na área de fronteira do Amapá com a Guiana Francesa e compõe, junto com o Parque Nacional do Tumucumaque ,quase 46% de áreas protegidas do estado.


A Conferência Mundial Planeta sob Pressão 2012 é uma das preparatórias à Conferência Rio+20, organizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) no Rio de Janeiro em junho deste ano. Nesta preparatória estarão participando em torno de 2.500 especialistas de vários países do mundo, com o objetivo de apresentar os mais recentes conhecimentos científicos sobre o estado do planeta e as possíveis soluções para um mundo sustentável.

De acordo com a programação do evento, a conferência de Londres vai chamar a atenção da comunidade científica de todo o mundo sobre o clima, a degradação ecológica, bem-estar humano, os limiares planetários, a segurança alimentar, energia, governança através de escalas ea redução da pobreza. Além disso, a visão é para uma conferência que reúne os principais cientistas sociais e naturais com as empresas, os investidores e a agenda de desenvolvimento para criar uma nova compreensão e meio ambiente para enfrentar os desafios globais de sustentabilidade.

A conferência também vai apoiar os processos de avaliação internacionais, por exemplo, o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, avaliação da biodiversidade e os objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Por meio de workshops e seminários, os delegados discutirão as opções e soluções para as alterações climáticas, energia, segurança alimentar, água e pobreza.

A pesquisa da Embrapa Amapá selecionada para o evento em Londres é uma das ações do Projeto “ “Estudo da Potencial Contribuição dos Serviços Ambientais no Módulo 4 da Floresta Estadual de Amapá para o Desenvolvimento Sustentável Local e Regional (REDD+FLOTA AP)”. “Este projeto é liderado pela Embrapa Amapá envolvendo cerca de 10 instituições parceiras, iniciado em julho de 2010 e com precisão para ser encerrado em 2013. Contamos com financiamento da Embrapa e do CNPq”, afirmou a pesquisadora Eleneide Doff Sotta, graduada em Engenharia Florestal com doutorado em Silvicultura e Ecologia Florestal.

A execução deste projeto permitirá estabelecer o estado atual da área e analisar as dinâmicas de transformações nos recursos naturais (C, H2O, biodiversidade) do módulo 4 da FLOTA AP com a finalidade de construção de cenários de desenvolvimento sustentável para a área de estudo. Além disso, o projeto permitirá aplicar e ajustar metodologias para o diagnóstico e valoração dos serviços ambientais na Região Amazônica tendo como exemplo o módulo 4 da FLOTA AP.

A Conferência Planeta sob Pressão 2012 tem como organizadores o Diversitas, o Programa Internacional Geosfera-Biosfera, Programa Internacional de Dimensões Humanas, Programa Mundial de Pesquisa do Clima e parceria do Ciência do Sistema Terra, todas são organizações sem fins lucrativos que promovem ações de envolvimento de diversos públicos com a ciência.
Núcleo de Comunicação Organizacional
Dulcivânia Freitas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *