PGJ do MP-AP foi homenageada no Grande Encontro Regional do Sul e Sudoeste do MP de Minas Gerais

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, foi homenageada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), na sexta-feira (27), acompanhada do promotor de Justiça e ex-procurador-geral, Roberto Alvares, no segundo dia do Grande Encontro Regional do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, promovido pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do MPMG, em Monte Verde, distrito de Camanducaia-MG. O evento conduzido pelo procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Jarbas Soares Júnior, foi marcado por homenagens aos membros do Ministério Público que se notabilizaram pela liderança e defesa dos interesses institucionais no exercício de relevantes funções no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e no Conselho Nacional de Procuradores-Gerais dos Estados e da União (CNPG).

A PGJ do Amapá e ex-presidente do CNPG, Ivana Cei, e o subprocurador-geral de Justiça Militar e ex-corregedor nacional do Ministério Público, Marcelo Weitzel, foram os homenageados.

Compuseram a mesa de abertura o PGJ de Minas Gerais, Jarbas Soares Júnior; o corregedor nacional do Ministério Público, Oswaldo D’Albuquerque; a PGJ do Amapá Ivana Cei; a presidente da Associação Mineira do Ministério Público, Larissa Rodrigues Amaral; o corregedor-geral do MPMG, Marco Antônio Lopes de Almeida; o subprocurador-geral de Justiça Militar e ex-corregedor nacional do Ministério Público, Marcelo Weitzel; o procurador-geral de Justiça Militar, Antônio Pereira Duarte, representando o Conselho Nacional de Procuradores Gerais de Justiça dos Estados e da União- CNPG; o procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro, Luciano Oliveira Mattos de Souza; e o professor e coordenador do curso de Direito da Unifenas, Alyson da Silva Leal.

Iniciando os pronunciamentos, Jarbas Soares Júnior proferiu uma mensagem de saudação aos homenageados. “As instituições são impessoais, mas não podem ser desumanas. As histórias são construídas ao longo do tempo com dedicação e esforço. Ivana Cei e Marcelo Weitzel contribuíram para a edificação do Ministério Público brasileiro. Hoje, iremos debater assuntos necessários ao aprimoramento do controle externo, mas também temos que agradecer. Os homenageados são dois grandes nomes do Ministério Público. A trajetória da carreira de Ivana fala por si. Sempre foi reconhecida por seu compromisso com as causas de interesse público e diálogo constante. A sua firmeza, inteligência, sensatez e capacidade de exercer múltiplas funções levaram à condução do Ministério Público do Amapá para os melhores caminhos. Por sua vez, Marcelo nos incentiva às boas práticas, nos ensinando a enxergar a corregedoria com o seu papel conciliador. Os homenageados construíram uma história pública permeada de conquistas e resultados, com muita dedicação e fidelidade”, salientou o PGJ do MPMG.

Para a homenageada Ivana Cei, é necessária a união institucional de membros do MP. “Somente assim, conseguiremos manter todas as nossas prerrogativas atribuídas pela Constituição Federal de 1988. Precisamos dessa unidade ministerial. Só continuaremos fortes se nos mantivermos unidos. Esse reconhecimento é de todos nós. Estendo a homenagem recebida a cada procurador-geral de Justiça que esteve ao meu lado, lutando comigo nos debates nacionais. Foi uma ajuda importante para que eu me mantivesse firme e coesa para defender a nossa instituição Ministério Público Brasileiro”.

De acordo com o agraciado Marcelo Weitzel, congregar e unir forças, trabalhar com a premissa humana é fundamental para enfrentar e superar os desafios. “Como disse a colega Ivana Cei, temos que trabalhar juntos. Precisamos contribuir para as soluções, mas não conseguiremos nada sozinhos. É necessário que sejamos sensíveis às mudanças e precisamos ser críticos de que o Ministério Público de hoje não é o mesmo Ministério Público da Carta Magna de 1988. Trabalhemos com mais humildade e menos vaidade”, ressaltou.

Concluindo os pronunciamentos, Antônio Pereira Duarte, representando a presidente do CNPG, Norma Cavalcanti, disse que: “os agraciados fizeram interlocuções extraordinárias que nos ajudaram a construir um olhar republicano. É uma grande satisfação presenciar referências de liderança serem homenageadas neste encontro, que representa um marco para todos nós. A presente reunião simboliza o nosso interesse e esforço de contribuir para o engrandecimento de Minas Gerais e o fortalecimento do Ministério Público brasileiro”.

Programação

Em Monte Verde, painéis do Encontro Regional do Sul e Sudoeste de Minas Gerais abordam temas de grande importância para atuação do Ministério Público, promovendo um diálogo direto entre procuradores e promotores de Justiça e conselheiros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O evento, que teve início na quinta-feira (26), celebrou os 17 anos do CNMP.

O primeiro painel do dia foi presidido pelo corregedor-geral do MPMG, Marco Antônio Lopes de Almeida, e teve como palestrantes o corregedor nacional do Ministério Público, Oswaldo D’Albuquerque.

Ao falar sobre o “O papel correcional”, Oswaldo D’Albuquerque defendeu que as Corregedorias são órgãos estratégicos e de fundamental importância para o exercício da elevada missão constitucional do Ministério Público. “Eu penso esse papel para muito além da função disciplinar e de controle. Vejo a Corregedoria como um órgão proativo fomentador de ações estratégicas voltadas ao trabalho de orientação das atividades dos membros, com foco na melhoria da qualidade de vida da sociedade”, salientou.

O segundo painel foi presidido pelo juiz assessor de Apoio Interinstitucional do CNMP/CNJ Luciano Nunes Maia Freire e teve como palestrantes o conselheiro do CNMP Daniel Carnio Costa e os promotores de Justiça do MPMG Cristiano Cassiolato e Rogéria Cristina Leme. E, o último painel do evento foi presidido pela presidente da AMMP, Larissa Rodrigues Amaral, e teve como painelistas os conselheiros do CNMP Ângelo Fabiano Farias da Costa, Paulo Cezar dos Passos e Rinaldo Reis Lima.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Núcleo de Imprensa
Gilvana Santos – Coordenação
Texto: Gilvana Santos
*Com informações da Assessoria de Comunicação do MPMG
E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.