Poema de agora: Ao dono dos olhos encantados (Andreza Gil)

images

Ao dono dos olhos encantados

És um brilho de ser,
Um ser de brilho.
Um ser que passa e ilumina.
Ilumina seu espaço,
Ilumina as outras vidas.

Teu canto encanta
Com a paz e alegria dos sentimentos que tu regas
As rosas brancas da tua vida.

Teus olhos,
Uma fonte de amor e confiança no homem.
O sorriso e os olhos
De um ser de encanto e encantamento.

Andreza Gil

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*