Poema de agora: Bilhete – @alcinea

Bilhete

No Marabaixo da Favela
recebi tua carta
escrita num pedacinho do céu.
Quando a manhã chegar
dourando o dia
pego emprestado um raio de sol
e com ele te escrevo a resposta
numa pétala de flor
e te mando enfeitadinha
com um laço de amor.

Alcinéa Cavalcante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *