Poema de agora: CLEPTOMANIA (Obdias Araújo)

umbeijoroubado

CLEPTOMANIA

Roubar-te um beijo
às 04:15
da manhã.
Nem perceberás.
Caso despertes
estaremos longe.
eu e o beijo roubado
às quatro e quinze
da manhã.

Obdias Araújo

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*