Poema de agora: Cumulonimbus – (@cantigadeninar)

Cumulonimbus

nunca sonhei com véu e grinalda
não creio em cara-metade
desejo um céu esmeralda
onde eu seja tempestade

Lara Utzig

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *