Poema de agora: DELÍRIOS (PARTE II) – PAT ANDRADE

 


DELÍRIOS (PARTE II)

sobre minha cabeça uma luz
e o silêncio que se quebra
com barulho intenso de metais
um pico de dor
um lastro de tristeza
uma onda de medo
o vazio o frio
a solidão

de repente o abismo
a queda e o nada
o inalcançável fim…

PAT ANDRADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *