Poema de agora: Depois da Primavera – Pat Andrade

Depois da Primavera

guarda contigo
a pétala murcha,
a folha seca,
o espinho pétreo,
a falta de aroma.
eu levo comigo
a bela imagem
o suave perfume
a doce lembrança
do que um dia foi flor

Pat Andrade


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *