Poema de agora: É bom sentir – @ManoelFabricio1

É bom sentir

Mesmo quando tu acha que não sente
A dúvida paira como um pássaro
Na corrente de ar quente
Tu lembra levemente da dor de dente
Tu lembra levemente da topada com o dedão
Tu lembra da queda e do joelho ralado na diversão
Tu lembra da dor e de levantar, limpar a terra e correr
Tu lembra do que havia perdido na memória
Tu lembra que acordou domingo sorrindo
E lembra que sente
E fica se sentindo
É bom sentir

Manoel Fabrício


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *