Poema de agora: Ellen (Obdias Araújo)

Ellen

Menina de olhares tristes
De pele clara e cabelos
De boneca de marfim
Por que me olhas assim
tão triste
fixamente
com se eu fosse o espelho
e tu a Fada Morgana
Por que me olhas
Menina
de rosto de camafeu?
Há um mistério em teu rosto
Um oceano em teus olhos
e teus cabelos escondem
mil segredos, mil pensares
E aumentam meus penares
Teus olhos fitos em mim
o que esconde
menina
este rosto de marfim?

Obdias Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *