Poema de agora: Encontro – Pat Andrade

Encontro

quando te encontrar,
vou procurar estrelas em teus olhos,
buscar a poesia contida em ti;
a mesma poesia que vai além da folha de papel,


que transcende nos teus gestos, que são leves;
nas tuas palavras, que são doces,
nos teus passos indeléveis…
quando te encontrar
vou te mostrar um mundo novo
cheio de flores e estrelas


para que as admires com esse mesmo encanto
que manifestas diante das coisas belas…
quando te encontrar,
será por um instante apenas…


mas é exatamente nesse instante
que verás a infinidade de espantos
que cabe num único encontro…

Pat Andrade


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *