Poema de agora: Escólio (para Fernando Canto) – Obdias Araújo

Desenho de Obdias feito por Fernando


Escólio (para Fernando Canto) – Obdias Araújo

A palavra é conto e canto
O calar é desencanto
A palavra é alegria.
Por isso
meu povo
canta
Que o calar é nostalgia
A palavra é conto e canto
O silêncio é desencanto
A palavra é alegria.
E se a palavra é alegria
O silêncio é desencanto.
A palavra é conto e canto
Por isso
Meu povo
Canta
Que o calar é nostalgia!

Obdias Araújo
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*