Poema de agora: Falta de Bom Censo – Lara Utzig (@cantigadeninar)

Falta de Bom Censo

“gente morre todo dia
mas agora tudo é covid
racismo
trans e homofobia
ninguém morre mais
de morte morrida”

a troco de nada
tantas estatísticas
não são números
são vidas
APAGADAS
nomes
não-registrados
no abecedário
do negacionismo
reacionário

não apenas cêpêefes
corações pulsantes
de sonhos
com o peito arfante
sem ar
jamais serão esquecidos por nós
ou afogados
nesse mar
de desespero
e lodo
onde estamos todos
tentando nadar

Lara Utzig

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *