Poema de agora: Flor em pedra – Ramon Tavares

Flor em pedra

A única flor da montanha
Delirando em fotossíntese
Nasceu perto da ninhada
Monumento dos passarinhos

É girassol em céu azul
Rosa com espinhos em ventania
Nuances e mesclas de vermelho
Astromélia para as abelhas

Não toque neste pequena Azaléia
Somente se curve diante da Bromélia-imperial
Aprecie seu rosa de Cinerária
Ofereça-a um Colar-de-pérolas

Ela parece ser forte
Cobrimos ela da chuva?
É um temporal mas ela não se move
Ela ainda vive quando tudo ao redor morre

Chegou o sol
Nossa pequena Eufórbia sobreviveu
Forte, doce e cheia de fases
Essa flor deixa mais lindo o oásis

Ramon Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *