Poema de agora: Imerso – (@cantigadeninar)

Imerso

Dizia Heráclito
que nenhum homem se banha
duas vezes
no mesmo rio.

Água corrente
água limpa
sempre água nova
a cada dia
[cristalina

Até um igarapé
ou um arroio estreito
se expandem com o fluxo
[totalmente alheio
em vital transformação.

Mais do que o pulsar dos líquidos
também é restaurado o homem
renascido ao mergulhar.

Eis que a torrente segue adiante
e o homem, ser cambiante,
muda junto com o flúmen
[do Tempo

Ao me dar conta disso
[fugidio
sorrio:
sou rio.

Lara Utzig


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *