Poema de agora: Liberdade – Ricardo Iraguany

Foto: Márcia do Carmo

Liberdade

Negro é lindo e quer ter liberdade
Da África até o Chuí, negro! Negro!
Salve ogum, Xangô
E toda a massa
Que quer cantar
Dançar reggae e lundum, negro! Negro!
Negro e toda ginga
Negro é todo black
Negro é toda cor
Quilombo Caribe
Jari e Jamaica
Todo marabaixo
Todo carimbó
Todo afoxé
Negrito toque é no tambor
Negro! Negro!

Ricardo Iraguany

  • Parabéns Ricardo! O negro é muito importante na formação do povo brasileiro, sua. Cultura é rica e o negro tem uma imensa contribuição….!
    Viva o negro!
    Viva a liberdade nem que seja limitada!
    Viva a negritude!!!
    Ainda falta muito o quê avançar, mas poder lutar nos anima!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.