Poema de agora: Mal de mim – @ManoelFabricio1

Mal de mim

Eu preciso falar mal de mim pra ti
Pra ti me conhecer
Pra ti saber quem eu sou
Só assim eu vou
Precisa me dizer onde é
Sem saber o caminho fico andando perdido sem nunca parar
Inquieto como uma folha seca na rua
A verdade nua
Diz que se não há
Compromisso com o que é dito
Pra que dizer!?
Pra que falar !?
Não é melhor ficar quieto
Na ânsia
espera a chuva passar
Ou se joga
Quem vai pra casa não se molha

Manoel Fabrício

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *