Poema de agora: O POÇO – Arilson Souza

Imagem: WEB

O POÇO

O poço
Da vida vivida,
Que reconstrói almas
Ou as deixa destruídas.

O poço
Da des[esperança]
Que acolhe sem acepção
Àqueles que nele se lançam.

Ah, o poço!!
E seu cabalístico fundo;
Para uns: A CERTEZA DO FIM!
Para outros: O RECOMEÇO DE TUDO!

Arilson Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *