Poema de agora: PERIPATÉTICA – Obdias Araújo

PERIPATÉTICA

Esta é uma canção
dos tempos da vovó.

Cantochão gregoriano
Entoado em afresco
vocal monofônico.

Lembra até uma comprida
fila de monges monódicos
atrás do órganon ritual
da liturgia católica
apostólica romana.

Esta modinha
é antiga.
Tao velha quanto
o Vico.

Antiga feito a saca
do Velho Congó.

Antiga feito o berro
do Barba Chata mandando
apagar a poronga.

Obdias Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *