Poema de agora: Pieguice – Pat Andrade

Pieguice

Essa paixão
veio pulandinho,
pipilando como passarinho
fazendo ninho
no meu coração.
Esse amor chegou brilhando
pirilampando qual vagalume
fazendo luz
na escuridão.
E, para mim,
ficou bem claro
que era um amor
de brilho raro.

Pat Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *