Poema de agora: Prece – Pat Andrade

Prece

entoo meu canto
todo santo dia
faço minha prece
todo dia santo
eu rezo por ti
por teu espírito herege
por tua alma funesta
que derramas suave sobre os outros
pra pensarem que tu prestas

Pat Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *