Poema de agora: Recusa – (@cantigadeninar)

Recusa

A brisa na sacada
me saca para fora
com um soco me sacode
quando surge a aurora

Seguro essa ânsia
presa no sofá da sala
entre pixels, polegadas
entre medo e insegurança

O ovo cozido coze
a pipoca pipoca
a noite anoitece
a Netflix cataloga

E a mesmice martela minha mente…

O vento na varanda
com cheiro de lavanda
me convida para a vida…
… Socorro!
Fecho as cortinas.

Lara Utzig

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *