Poema de agora: (Res)Piração- Jaci Rocha (uma poesia sobre esperança)

(Res)Piração – Jaci Rocha

A chuva cai, vai pela esquina
O vento movimenta o espaço
Os prédios gemem
Formam traços
Alheios a quem passa.

A vida passa, pega o trem
Às vezes, perde a estação.
O tempo mói e a gente tenta
Segurar o instante na respiração!

Mas tudo vai,
A tarde cai,
Ávida por emoção…

A máquina das semeaduras
Ceifa tudo que já é passado
E, por outro lado
A seiva da esperança escorre sobre nós…

E, se há pedras debaixo dos pés,
Há sempre um maravilhoso céu
Onde um estranho pincel
Desenha um sorriso nas estrelas.

Jaci Rocha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *