Poema de agora: SE – Pat Andrade

SE

se você pudesse me ouvir cantar,
saberia que meu canto é triste
mas pode se alegrar.

se pudesse me ver passar,
saberia que ando sozinha,
não importa o tempo ou o lugar.

se pudesse me abraçar,
saberia que meu corpo é quente
e pode arder até queimar.

e se me beijasse um dia,
saberia que meu hálito é doce
e que sou extremamente lunar.

se reparasse em mim,
saberia enfim que posso
simplesmente amar.

Pat Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *