Poema de agora: Sobre o ciúme que senti (@ThiagoSoeiro)

não-sinto-ciúmes-sempre

Sobre o ciúme que senti

“Isso tudo são centímetros
Sentimentos mínimos
Perto do amor que sinto por ti
Que invade quilômetros em meu peito,
Campo aberto do teu viver”.

(Thiago Soeiro)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *