Poema de agora: Tirando da Tomada – Luiz Jorge Ferreira

Tirando da Tomada

O Rádio do Joca
Um Transglobe Philco
Pegava em Ondas Curtas e Médias.
Da casa de D Maricota no recôncavo elíptico do Bairro do Laguinho…

Instituto de Educação do Território do Amapá (IETA) – Foto encontrada no blog da Alcinéa

A Cidade Sagrada da China…as estátuas pedra sabão do Aleijadinho.
Sintonizava Brumadinhos, traduzia os latidos do Pulguinha e punha em ordem a desordem das aulas de Latim, copiadas por mim, no IETA.

O Rádio do Joca transmitia a Copa do Mundo de 1970, a Olimpíada vindoura em Los Angeles, a chegada do homem na lua, um ano antes.
O ordenança de Noé, pedindo que ele desse ré na Arca, as vezes em Aramaico deixava sair algumas frases, eu dizia ser do Sermão da montanha.


Verissimo achava que eram diálogos de Cristo, Alípio acreditava serem ruídos, João formava a convicção que eram exames de abelhas sugando avelãs, Calouro ria, eram cálculos da hipotenusa traduzidos para o Grego, Zeca batia a foto deles com uma Máquina russa de nome intraduzível…
D.Celia cancelava as teorias…nada disso…e ruído de uma empregada como eu , ocupada com o apronto de omelete…

O Rádio do Joca transmitia ao vivo, ao morto, ao claro, ao escuro…
Tinha vida própria…
Um dia sumiu voando pela janela entreaberta.
Uns dizem que foi de mal com a comunidade da República Estudantil…da Rua 14 de Março…2415.
Belém/Brasil.


O vizinho que consertava carros sem concertos, sobre sua perna de pau.
Disse ao repórter do Jornal das Dez.
Que ele foi um pouco antes do eclipse Saturno Lunar, quase despido , com uma ararinha azul de nome esquisito, alguma coisa como Aristóteles…


Foi para o Norte…rebocando o Equador.
Foi fazendo um barulhão danado.
Parecia até que o Brasil tinha feito um gol.
Não deixou notícias.
Hoje dezenas de anos luz.
Aparece no Facebook.
Está mais velho, mas está ligado,falando alto como se quisesse dizer…Alô…É nós!!!

Luiz Jorge Ferreira

*Poema do Livro Nunca mais vou sair de mim sem levar as Asas. Rumo Editorial – São Paulo – Brasil (2020).

**Criado relembrando o Joca…atleta de vários times, de destaque no Futebol Amapaense, inclusive a Seleção Amapaense de futebol.
Quando de sua ida para Belém, morando na mesma República Estudantil, por 5 anos, quando Curso a Faculdade de Economia, na UFPA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *