Poema de agora: TUA COMPANHIA – Ori Fonseca

Foto: Facebook do poeta Ori Fonseca

TUA COMPANHIA

Havia um tempo em que uma fantasia
Valia mais que a própria realidade,
Um tempo de surpresa e de saudade
Latente de encontrar tua companhia.

No Bar do Parque, a noite, feito dia,
Brilhava em fogos de uma liberdade
Que nunca se alcançou mais co’a idade,
Longe do aroma de tua companhia.

E houve uma noite que se fez verdade,
E a Praça da República fervia,
E um coração de carimbó batia

Na noite que virava eternidade,
Como se o tempo não tivesse idade,
E amar só fosse amar tua companhia.

Ori Fonseca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *