Poema de hoje

O dono da lua (Darth J. Vader)

A lua não é de ninguém
Pertence aos casados,
Aos namorados,
Aos arrasados,
Aos cantores e ao violão,

Aos eternos apaixonados.
E, é claro (e por que não?),
Aos amantes endiabrados…

Aos casados a lembrança
da primeira diversão.
Aos namorados (estes devassos)
A primeira noite de paixão.

Aos cantores a canção
Tocada no violão
Para os eternos apaixonados
Se entregarem de coração.

E os amantes endiabrados?
Ah! Destes a lua é cúmplice
Daquela louca emoção.

A lua é de todos,
Inclusive da traição…
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*