Poema de hoje: Entardecer (Ivan Daniel Amanajás)


Entardecer

No fim da tarde
Há mistério e poesia
Emoções sobrepõem-se
À razão do dia.

No fim da tarde
As cores mudam
Percepções
Aos olhos inundam
O sol perde sua força
Como a menina que vira moça
A inocência vai desaparecendo
E o brilho da vida se refazendo.

Ivan Daniel Amanajás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *