Poema de hoje: Impresso no Rosto

Impresso no rosto

No rosto! Teu sorriso rodopia entusiasmo
E você, sem saber..
Aliena esperanças como ciranda em meu coração..
Sem esforço, sem algoz, simplesmente auto diz..
Uma prenuncia já estabelecida de mulher..
Trafega mencionando-me um ardor sem igual
Num salto em alto Amar um invólucro de ascensões
Pequeninas e fumegantes..
Recorrentes alusões..
Tudo organizado fica
E Impõe assim me arremessar felicidade
No ponto exato onde me rendo ao seu dengo
Perante a ventania e as vozes que acabam o silencio
De pouco em pouco..
Tão pouco vejo,
Ali minha face sorri com você sem medo
Esfacelando-se como poeira ao vento..
Como lembrança boa que ficou
Em fim..
Deixando apenas uma gravura
Teu sorriso, impresso no rosto.

By Weverton O. Reis

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*