Poema de hoje (surrupiado da amiga Bárbara Damas)

A fuga de Jonas

  Jonas em barco estrangeiro foge do Verdadeiro
Lançado ao mar no estômago do grande peixe
Se oculta, se escuta, se desmancha
Desescama o coração…
Oração
 Pssssilêncio!Alguém está em carne viva
O mergulho vai mais além
Até que a besta viajante volte à superfície
E cuspa fora a criatura
 Que cansada da dúvida
 Agora
 Vai
                                             Viver.                                      


Bárbara Damas

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*