Poesia e Primavera na Porta da Justiça

movimento
Com a alegria das flores na chegada da primavera a poesia vem enriquecer ainda mais a vida. E é nessa atmosfera que a Justiça do Amapá receberá os integrantes do Movimento Poesia na Boca da Noite para realização do evento “Poesia e Primavera na Porta da Justiça”, no dia 1º de setembro, quinta-feira, às 17h30, na entrada do TJAP.

Os integrantes do Movimento declamarão poesias autorais e dos mais importantes poetas do Estado, desde os pioneiros aos atuais. Durante o evento de confraternização em forma de versos entre magistrados, servidores, colaboradores, estagiários e bolsistas, haverá a distribuição de brindes poéticos (como origamis e pergaminhos de poesia) e poesias expostas em um varal.

Outro espaço será o Pano da Poesia em que os servidores do Judiciário poderão declamar poesias de própria autoria ou de poetas preferidos em um ambiente de compartilhamento e construção literária.

Para a a presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Sueli Pini, a realização do evento é um incentivo ao aprimoramento cultural. “A iniciativa é fruto da importância do trabalho desenvolvido em toda capital pelo ‘Movimento Poesia na Boca da Noite’ no estímulo ao hábito da leitura”, disse a presidente.

Ângela Carvalho, que faz parte de movimentos culturais, falou do contentamento em ter como cenário para a poesia o Judiciário. “Poesia é sensibilidade que aguça a imaginação e enriquece culturalmente crianças e adultos. Estamos todos ansiosos e aguardaremos o público com muito verso, prosa e poesia”, disse.

(Texto: Assessoria de Comunicação Social do TJAP)

Fonte: blog da Alcinéa Cavalcante

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*