Polícia Federal reprime comércio de notas falsas no Amapá

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (16/7), a Operação Luz Negra* para combater à falsificação de cédulas e tráfico de drogas no Amapá.

Policiais federais dão cumprimento dois mandados de prisão temporária e dois mandados de busca e apreensão, sendo um no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (IAPEN) e outro em residência de um dos investigados em Macapá/AP. Ação contou com a participação do Grupo Tático Prisional (GTP) do IAPEN.

A investigação teve início a partir de prisão em flagrante de dois homens, de 24 e 29 anos, e de uma mulher, com 31 anos, que transportavam aproximadamente R$ 18 mil em cédulas falsas no mês de maio na capital do estado.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de moeda falsa e tráfico de drogas. Se condenados, as penas poderão chegar a 23 anos de reclusão.

*Luz Negra é uma das formas utilizadas para identificar a autenticidade da cédula.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá
[email protected] | www.pf.gov.br
(96) 3213-7500

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *