Pontos turísticos e prédios públicos de Macapá vão apagar as luzes por 1h

h11

Por Fabiana Figueiredo

Macapá vai participar pela segunda vez do movimento global “A Hora do Planeta”, no sábado (28). A proposta é desligar todas as luzes por uma hora, para chamar a atenção para a preocupação que deve ser de todos com o aquecimento global. Entre 20h30 e 21h30 de sábado, pontos turísticos e prédios públicos na capital vão ficar às escuras. Um passeio ciclístico com plantio de mudas de árvores também vai marcar a data.

Realizado desde 2007, o projeto “A Hora do Planeta” quer fazer a diferença na preservação do meio ambiente em todo o mundo. Macapá é a primeira capital do Norte do Brasil a participar do movimento, desde 2014, quando foram desligadas as luzes da Fortaleza de São José de Macapá, do Monumento Marco Zero do Equador e do Teatro das Bacabeiras.

Em 2015, além dos pontos turísticos, as fachadas da prefeitura de Macapá, da Procuradoria Geral de Justiça e dos prédios do Tribunal de Contas do Estado e da Assembleia Legislativa do Amapá vão ficar sem iluminação.

Um passeio ciclístico com concentração na sede da prefeitura vai percorrer praças no Centro de Macapá, onde serão plantadas 60 mudas de árvores, simbolizando cada minuto dedicado ao planeta.h1

Trajeto do passeio ciclístico

O passeio vai seguir pela Av. FAB, passando pela Rua Cândido Mendes, com parada para plantio de mudas na Praça do Barão. Depois, segue pela Av. Coriolano Jucá, Beira-Rio, com parada para plantio no canteiro do canal da Av. Mendonça Júnior. Em seguida, o passeio segue pela Rua Tiradentes, Av. Padre Júlio, com chegada à praça Nossa Senhora de Fátima, onde a pedalada vai terminar com mais plantio de mudas.

A Hora do Planeta

O movimento global surgiu no dia 31 de março de 2007, na Austrália, mobilizado pela ONG World Wide Fund for Nature (WWF). A proposta foi reunir os moradores da capital, Sydney, para mostrar apoio ao combate às mudanças climáticas.

Fonte: G1 Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *