Pop regional Cléverson Baía faz show no Projeto MPA, nesta sexta (11)

14991850_1004659306347132_7274710757190302993_n

Com um estilo diferente de cantar e tocar canções que valorizam o Amapá, retratando uma Amazônia tucuju de ritmos e sons que falam de seu povo, o cantor, compositor, músico guitarrista, Cléverson Baía, apresenta o seu jeito bem peculiar e ousado de expressar uma musicalidade universal em defesa do que escolheu pra valorizar.

Possui um modelo super interessante de expressar sua musicalidade bem pop cantando e tocando nossa raiz regional. Misturando tudo. Sua frenética guitarra com os sons das caixas de Marabaixo e tambores de Batuque, com um jeito bem Amapá de ser.

Nascido em Oiapoque, norte do estado, esse amapaense tucuju tem na veia influências diversas de muitos músicos do cenário brasileiro e mundial, que o fizeram um artista completo na arte de tocar e cantar. Promessa de uma geração moderna nascida no berço do cantar amapaense, extraindo e absorvendo grandes exemplos musicais e desenvolvendo seu estilo próprio de defender esse chão. Uma linguagem bem peculiar de cantar sua gente e sua casa.

Cléverson Alberto da Costa Baía, artisticamente Cléverson Baía, é músico, amapaense com 21 anos de atividade profissional entre as quais destacam-se, direção musical e sideman de shows de artistas locais como: Osmar Jr., Amadeu Cavalcante, Zé Miguel, Naldo Maranhão, Patrícia Bastos entre outros. Além de inúmeras participações em projetos de gravação de CD’s e DVD’s.

A carreira já registra participação e inúmeros projetos, como: Bandas Sigma do Oitante, Batukerê, Andaluz, CasaNova e Zetta como guitarrista e vocalista, registrando gravações autorais em todas estas. Realizou Jam Sessions em apresentações musicais como, o Amapá Em Cantos, em São Paulo em 2008 com Ceumar, Zé Renato (Boca Livre), Vital Lima, Cláudio Zoli, Derico e Sérgio Scioti, Nico Rezende, Sydnei Carvalho, Frank Solari, Lucinha Bastos, Nilson Chaves, Trio Manari, Eliakin Rufino, etc.

Já foi presidente da Associação dos Músicos e Compositores do Amapá – AMCAP (2009 e 2010), diretor musical do 1º DVD da Música Popular Amapaense, do CD Canto de Casa 2 e três edições do FECAMM – Festival da Canção do Meio do Mundo. Na gestão como presidente realizou a gravação do 2º DVD da Amcap (em fase de finalização) onde ampliou a participação de artistas regionais.

Em 2010 gravou seu primeiro CD autoral batizado de “Arte e Ira”, lançado em dezembro de 2012. Além de continuar atuando como freelancer em shows, trilhas de peças e jingles, gravações e composições. Desenvolve o projeto instrumental “Guitarras do Meio do Mundo”, ao lado dos guitarristas Israel Cardoso e Pappa e o projeto 4 Cantos da Floresta, com Brenda Melo, Marcelo Dias e Amadeu Cavalcante, objetivando difundir a composição e o cancioneiro popular Amazônida. Tem um trabalho solo que se baseia no rock misturado aos ritmos e poesia regionais. Vem atuando também no cenário de bares e casas de show da capital amapaense, como vocalista e guitarrista da banda Casanova.

Fonte: Diário do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *