População de Santana lista ações emergenciais em PPA

                                                                            Foto: Antônio Sena.
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, participou, nesta terça-feira, 21, na Escola Estadual Heveraldo Vasconcelos, no município de Santana, da 13° escuta pública do Plano Plurianual Participativo (PPA). Por meio de plenária, a caravana popular, composta por secretários de Estado, identificou demandas da cidade e de comunidades que compõem o município.

Para a representante da sociedade civil de Santana, Camila Carvalho, o momento foi ímpar na história da cidade. “O município de Santana tem muito a explorar. Com essa oportunidade, dissemos do que precisamos e o que esperamos do governo do Estado”, destacou Camila Carvalho.

A visão do poder municipal

Segundo o prefeito de Santana, Antônio Nogueira, a plenária inédita é uma atitude política positiva do governador, pois oportuniza o acesso do cidadão santanense aos gestores do governo. O gestor municipal também listou uma série de benfeitorias realizadas na cidade em 2011, provenientes de parcerias com o Poder Executivo.

“A discussão ampla das questões de Santana com a sociedade é fundamental para o desenvolvimento do município. A população se faz presente e mostra ao governador suas demandas emergenciais. Já concluímos obras e iniciamos outros serviços em nossa cidade. Com o apoio do Estado, será possível melhorar a vida do povo de Santana. Parabéns a Camilo Capiberibe e toda a sua equipe pela iniciativa”, disse o prefeito.

De acordo com o governador, o PPA resultará em políticas para o desenvolvimento do Amapá, durante sua gestão. Para Camilo Capiberibe, é preciso resgatar e reestruturar o município de Santana, que foi esquecido pela gestão passada.

“Aqui em Santana é mais fácil de executar ações benéficas para o município, pois o prefeito está preocupado em melhorar a cidade e não se preocupa com questões políticas. No PPA, a população diz onde temos que botar dinheiro e resolver prioridades. Não podemos resolver tudo agora, mas através das informações colhidas no PPA, nós avançaremos”, enfatizou o governador.

                                                                         Foto: Antônio Sena.

Prioridades eleitas pelo povo de Santana

Entre as reivindicações dos moradores da cidade estão políticas para a geração de emprego; melhoria da segurança pública; construção de uma Escola Técnica na cidade; criação do Banco da Mulher; valorização da mão de obra local; capacitação técnica para os ribeirinhos; isenção de impostos para empresas se instalarem no município e criar uma representação do governo em Santana; reforma do Posto de Saúde do bairro Nova Brasília; melhoria de iluminação pública e ações no setor ambiental.

Também foram listadas a criação de um assentamento para abrigar moradores de áreas de invasão de Santana; criação de uma fábrica para manejo de pescado; regularização do abastecimento de água tratada no bairro Paraíso; mais investimentos na educação da cidade; aterramento e investimento em saneamento básico no Bairro Piçarreira; criação de um pólo cultural em Santana; formulação de políticas de incentivo ao esporte e inclusão social para os jovens santanenses; revitalização da Praça de Alimentação da cidade e reforma do Ginásio de Esportes da cidade.

Saldo positivo

Durante seu pronunciamento, o governador afirmou que somente em 2011, foi gerado no Amapá mais emprego e renda do que em todo o ano de 2003 e 2007, primeiros anos do governo passado. Para Camilo Capiberibe, apesar da crise financeira herdada da gestão anterior, a força do trabalho e vontade política dá resultados já em seis meses da gestão atual.

Saúde

Outro assunto abordado pelo governador foi a saúde. Segundo Camilo Capiberibe, o Hospital Estadual de Santana será entregue à população em novembro deste ano. Além de R$ 3 milhões, recurso já aplicado na obra, Camilo Capiberibe disse que usará R$ 12 milhões, verba do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), na conclusão da segunda etapa da casa de saúde.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *