População de Serra do Navio elege prioridades em PPA Participativo

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, participou, nesta segunda-feira, 13, na Escola Estadual Hermelino Herbster Gusmão, no município de Serra do Navio, 11, da escuta pública do Plano Plurianual Participativo (PPA). Por meio de plenária, a caravana popular, composta por secretários de Estado, identificou demandas da cidade e de comunidades que compõem o município.

O PPA é uma exigência legal que definirá como o Poder Executivo trabalhará em benefício da população e para o desenvolvimento socioeconômico do Estado, nos quatro anos da gestão de Camilo Capiberibe. Após visitar os 16 municípios do Amapá, o plano será encaminhado para a apreciação da Assembleia Legislativa.

De acordo com o governador, o PPA é o compromisso de governar com a ajuda do povo. Camilo Capiberibe disse também que a caravana popular fará, no ano que vem, uma nova jornada pelo Amapá, onde será discutido o orçamento do Estado, ano a ano, onde a população terá novamente a oportunidade de opinar e apontar demandas para a melhoria da cidade

“Temos obrigação de saber quais os anseios do povo de Serra do Navio, por isso viemos até aqui. Em 2012, a exemplo desta caravana, discutiremos o orçamento do Estado. Os moradores pontuaram hoje suas prioridades e a partir do ano que vem, o cidadão dirá onde teremos que investir ao longo dos quatro anos do nosso governo. Vamos governar para o povo e com o povo do Amapá”, enfatizou o governador.

Reconhecimento e coerência da gestão municipal

Para a prefeita de Serra do Navio, Francimar Santos, é importante que a população entenda que somente as prioridades serão resolvidas, em caráter emergencial. A gestora do município disse ainda, pelo fato de se deslocar com a sua equipe, o governador demonstra boa vontade para com a cidade e comunidades que formam o município.

“Tudo aquilo que levantamos hoje não será feito imediatamente. Tenho certeza que nossas necessidades serão atendidas ao longo dos anos. Vontade política o governador Camilo Capiberibe tem, só falta recursos para resolver tudo”, disse a prefeita.

Prioridades

Entre as reivindicações dos moradores da cidade estão a Energia elétrica para a área rural, reforço de condições para desenvolver a agricultura, normalização do abastecimento de água, construção de escola, pavimentação das estradas que dão acesso à Serra do Navio e reestruturação do hospital da cidade, melhoria do transporte dos agricultores, novos ônibus que façam linha para Macapá e o resgate do pólo universitário da Universidade Federal do Amapá (Unifap) na cidade.

Também foram listadas Construção de creches, ampliação dos programas sociais, melhoria da Segurança Pública, revisão de contrato de isenção de imposto para mineradora que atua na região, criação de uma casa para estudantes de Serra em Macapá, reforma de rede elétrica na comunidade do cachaça, ativação da unidade mista de saúde da cidade, criação de uma escola técnica na cidade e asfaltamento da BR-2010, trecho que vai de Porto Grande a Serra do Navio.

O agradecimento do cidadão

Conforme a representante da sociedade civil de Serra do Navio, Dejanira Santos, é importante que o povo liste suas dificuldades, pontue seus anseios e prioridades. Ela também agradeceu ao governador Camilo Capiberibe e a caravana da participação pela oportunidade dada ao povo do município.

“É importante que os moradores tenham essa oportunidade de participar e opinar com responsabilidade sobre o que Serra do Navio precisa que o Estado execute. Ações que beneficiarão a maioria, em todos os setores. Quem sabe aonde quer chegar, sabe o caminho que deve trilhar. Dou boas vindas ao governador e sua equipe e agradeço por essa escuta popular”, destacou Dejanira Santos.

Além dos moradores dos cinco bairros da cidade, participaram da escuta pública as comunidades Perpétuo Socorro, Sucurujú, Cachaço, Pedra Preta, Água Branca Colônia, Assentamento Silvestre, Bela Vista, Anta, Castanheiro, Capivara, Escondido e Estefânia.

Workshop para o setor mineral

Durante seu pronunciamento, o governador anunciou que o Estado, por meio da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (Seicom) e Escola de Administração Pública (EAP) realizará, no período de 16 a 17 deste mês, um workshop para discutir a política estadual de mineração. O encontro visa alinhar as ações do governo para o Plano Nacional de Mineração, que visa agregar valor ao minério, criar riqueza para a população, onde o minério é extraído.

“Faremos este workshop para que o município esteja preparado para quando a exploração acabar, não acontecer como o caso Icomi. Formularemos um plano para a geração de emprego e renda. Muitos grupos estão interessados em se estabelecer no Estado, mas eles precisam corresponder com investimentos na área social, trazer compensações para o povo. Estes grupos precisam nos ajudar a desenvolver este Estado”, explicou Camilo Capiberibe.

Além do governador, secretários de Estado e prefeita, participaram da solenidade a vice-governadora Dora Nascimento, vereadores da cidade, representantes de associações de classe e sindicatos, agricultores e centenas de munícipes das comunidades que compõem a Serra do Navio.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*