Porque não gosto do Twitter

                            Por Silvio Carneiro
Ontem, li este texto do meu amigo Silvio Carneiro. Eu também não gosto de Twitter, aquele negócio tipo “msn grupal”. Mas tenho um, entro lá vez ou outra, para divulgar textos. Enfim, concordo com o texto, leiam:
Porque não gosto do Twitter
Sempre fui antenado em novas tecnologias. Nunca fui nerd, mas sempre gostei de acompanhar a evolução tecnológica. Do Atari ao PS3; da máquina de escrever para o notebook; do videocassete para o Blue Ray; assim como o nascimento e crescimento das redes sociais.
Uso e-mail desde 1997; fui adepto do ICQ; vivo com o MSN ligado direto; acesso o Orkut desde 2005; tenho blog, etc. Mas o tal do Twitter não me agrada. Não tem jeito! Já tentei. Mas não curto mesmo.
Já tentaram argumentar comigo que é divertido, útil pra minha profissão de jornalista… blá-blá-blá…
Pra começar, a gente já se depara com aquela pergunta idiota: “O que está acontecendo?” – Dãh… Não tá acontecendo nada! E daí?!
Aí vem uns idiotas achando que são “foda” e começam a falar baboseiras sobre suas vidinhas medíocres e ainda acham que estão contribuindo com alguma informação importante…
“Bom dia twt! Estou com uma dor de barriga desgraçada. Acho que vou ao banheiro passar um faz…”. “Boa tarde, twt. estou ouvindo o mais novo som do ‘Fresco’ Fresno”. “Boa noite twt. Vou mimi…”. Ah, PUTAQUEPARÉO!!! Assim não dá!
E todos aqueles “jornaleiros” que sempre tem o rabo preso com alguém e ficam tentando falar as coisas por enigma, para não se comprometer?
“Oi twt. Um passarinho me contou que um certo verde, almoçou hj com um certo roxo. Novas alianças à vista!”. “Oi twt. Tem gente de bigode tentando intimidar quem usa barba. Mas é dos carecas que elas gostam mais…”. PQP de novo! Palhaçada!
E aqueles que juram que são os melhores amigos de infância da última semana de algumas celebridades que mandam seus aspones passarem o dia twittando no lugar deles?
Cara. Na boa: Dou um doce (opa!) para quem me convencer que a merda do TWT vale de alguma coisa na vida!
Acho que o TWT é mais uma ferramente de estímulo à burrice e à preguiça, com o seu pseudo-dinamismo de 140 caracteres. Papo furado! Não me sigam. Posso estar perdido!
  • Avatar

    Concordo plenamente. vários amigos já tentaram me convencer sobre a utilidade do twt. 140 letrinhas é menos que um sms. Os jornalistas não devem endossar toda a novidade da rede mundial. O Twt se parece mais com uma conversa de comadre….
    E tenho dito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *