Prefeito Clécio Luís e Memorial Amapá resgatam história devolvendo o nome à Praça Isaac Zagury

IMG_8487

“Macapá nasceu da mistura dos que vieram para cá e dos que estavam aqui. Essa riqueza formou um povo genuíno, que está num momento de resgate da sua identidade e história. Foi com esse intuito de resgatar a nossa cultura que nasceu o Instituto Memorial Amapá”, frisou o prefeito Clécio Luís, durante descerramento de resgate da placa da Praça Isaac Zagury, ocorrido neste sábado, 12.

IMG_8535
Em uma cerimônia cheia de memórias e emoções, os membros da família Zagury, uma das pioneiras de Macapá, foram homenageados tendo de volta o nome do patriarca da família, Isaac Zagury, na praça localizada em frete à Beira Rio. Isaac foi um empresário que fez história com seus empreendimentos e no trato respeitoso para com seus funcionários.
IMG_8276
O projeto de resgate das histórias, espaços e preservação da cultura de Macapá foi idealizado pelo Memorial Amapá, com total apoio da prefeitura. Cercado por irmãos, filhos e netos, um dos herdeiros de Isaac, o filho Leão Zagury, discursou com a voz embargada e arrancou lágrimas de boa parte do público que acompanhava a solenidade.
IMG_8289
“A nossa memória é necessária para nossa sobrevivência. Um povo que reverencia suas origens e preserva suas tradições pode construir um futuro. Esse é o mais importante momento da minha vida, obrigado prefeito Clécio Luís e Walter Júnior, presidente do Memorial Amapá”, enfatizou.

IMG_8409
“Desde maio deste ano, quando resolvemos criar o Instituto, recebemos uma adesão absurda de vários atores da sociedade, que assim como nós também queriam preservar a nossa identidade. Apresentamos o projeto ao prefeito, ele topou e não paramos mais”, contou Walter Júnior, presidente do Memorial.

Além das placas de identificação, a Praça Zagury recebeu a placa biográfica do homenageado, contando, por exemplo, sobre as empresas que o grupo administrou durante décadas na cidade, sendo precursor da chegada do primeiro refrigerante em Macapá: o Flip Guaraná.
IMG_8343
A cerimônia contou ainda com cortejo do Banzeiro do Brilho de Fogo, que animou e colocou o público para dançar ao som das caixas de Marabaixo e trompetes. “Vamos fazer de tudo para cada vez mais devolver o que faz parte das nossas raízes. O nome dessa praça foi mudado de maneira errônea pela gestão que nos antecedeu, mas amamos nossa Macapá e queremos cuidar dela sempre”, declarou Clécio Luís.

A programação de sábado terminou com o I Baile do Memorial, que teve como atrações as bandas Babilônia e Os Cometas.

Lilian Monteiro/Asscom Semob
Contato: 98141-1697
Fotos Max Renê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *