Prefeito Dr. Furlan entrega “Poço do Mato”, importante monumento cultural e histórico de Macapá, totalmente revitalizado

Na agenda do domingo (7), o prefeito de Macapá, Dr. Furlan, entregou em cerimônia regada a regionalismo, o monumento Poço do Mato.

O espaço recebeu completa revitalização com deck em madeira, canteiros, jardins, área de circulação, mini-palco para apresentações culturais, bancos e outros benefícios.

“Investir na restauração da nossa história, na valorização do nosso povo é, também, uma prioridade da nossa gestão. A nossa cultura é extensa e muito significativa para todos nós”, disse o prefeito de Macapá, Dr. Furlan.

Historicamente, o Poço do Mato foi responsável por fornecer água para o primeiro sistema de abastecimento de Macapá. O local foi fechado e não fornece mais água, mas é parte significativa da construção de Macapá.

A obra foi realizada pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob).

“O local tem 157,47 metros quadrados e foi transformado em um espaço de convivência, encontros de arte e para cultura criativa”, reforçou Cássio Cruz, secretário municipal de obras.

Lucicleia Castro, de 63 anos, mora há mais de 30 anos exatamente em frente ao monumento. Para ela, a valorização do espaço abre um leque de possibilidades.

“A valorização desse espaço é investimento no turismo e cultura. Creio que o espaço protagonizará muitos eventos”, disse a moradora.

A ordem de serviço para execução do projeto arquitetônico para o Poço do Mato foi assinada em agosto de 2022 e a obra foi executada com o recurso de R$ 100.509,40, proveniente do Tesouro Municipal. O autor do requerimento para a obra foi o vereador Alexandre Azevedo.

Eloísa Sacaca, de 23 anos, cresceu na Avenida Manoel da Nóbrega, onde se encontra o monumento.

“Cresci sem ver esse local valorizado. Hoje é um dia muito importante para nós, moradores do Laguinho. A reforma do espaço representa a valorização da nossa cultura”, disse a jovem.

História

O Poço do Mato foi declarado Monumento de Interesse Cultural por meio do Projeto de Lei municipal nº 037, de 1993. O poço fica localizado no meio da Avenida Padre Manoel da Nóbrega, entre as ruas General Rondon e São José, atrás do terreno da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa).

O Poço foi construído em 1864 para fornecer água aos moradores do bairro Laguinho e foi o primeiro sistema de abastecimento de água da cidade.

Em 1993, um projeto de lei declarou o local como monumento de interesse cultural da cidade e, atualmente, existe até uma associação que cuida do espaço e realiza festas, tornou-se um aconchego de amigos.

Texto: Karla Santos
Fotos: Nágila Rocha
Secretaria Municipal de Vigilância em Saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *