Prefeitura de Macapá assina Termo de Cooperação com Rede Amazônica

O prefeito Clécio Luís, juntamente com o diretor-presidente da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá, André Lima e o coordenador de Comunicação, José Diniz Sena, reuniu-se nesta sexta-feira, 18, com o diretor de Jornalismo, Elizandro Oliveira e com diretor executivo da Rede Amazônica, Francisco Dimas Silva. O encontro foi para firmar cooperação para a utilização das imagens geradas pelo Centro de Controle de Operações “Vias do Futuro”.

“A intenção é mostrar a realidade do trânsito e informar à população de forma mais rápida, uma vez que as multas serão realidade dentro de um mês. Essa parceria ajudará a educação no trânsito”, destacou André Lima. O coordenador José Diniz Sena ressaltou a abrangência que a Rede Amazônica tem. “Será possível passar informações de trechos que estarão interditados ou onde aconteceu um acidente em tempo real, assim para ajudar no escoamento do trânsito”, disse.

No Centro de Controle de Operações é feito o monitoramento do trânsito por meio de câmeras de alta resolução que captam imagens em 360 graus, instaladas, a princípio, em 10 pontos da capital amapaense, considerados por meio de estudos técnicos de grande fluxo de veículos ou que tenham registros de acidentes e constantes irregularidades cometidas por parte de condutores de veículos, o que coloca em risco a segurança dos pedestres.

O prefeito Clécio Luís ressaltou a boa relação que a prefeitura tem com a imprensa e com a emissora. “Já nos ajudaram em outros momentos, como na campanha de conscientização de não jogar o lixo na rua, e espero que o mesmo aconteça em relação ao trânsito. Quando instalamos os radares, foi perceptível a redução de acidentes nesses locais e esperamos o mesmo com a instalação das câmeras”, lembrou.

O termo tem por objeto a utilização das imagens capturadas pelas câmeras de monitoramento da CTMac na programação jornalística da emissora, com o objetivo de prestar orientações e alertas de segurança sobre as vias em que se encontram instaladas as referidas câmeras, ampliando assim o nível de informação sobre tráfego para a comunidade em geral.

Elizandro Oliveira disse que essa parceria já existe em outros estados. “Em alguns casos, iremos mostrar a imagem ao vivo durante os telejornais. Será uma forma de ajudar na educação, de forma indireta, pois, mesmo não mostrando o rosto e nem a placa do carro, nenhuma pessoa irá querer ser repreendida ao vivo, uma vez que outras pessoas irão ver”, comentou.

Adryany Magalhães
Assessora de comunicação/PMM
Fotos: Max Renê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *