Prefeitura de Macapá continua com Central de Acolhimento Emocional para atendimentos psicológicos durante pandemia

Com o avanço de casos de Coronavírus e o medo de contrair a doença, o isolamento social é tarefa difícil para muitos. Pensando nisso, a Prefeitura Municipal de Macapá implantou a Central de Acolhimento Emocional via telefone, para atender aqueles que estão passando por crise emocional nesse período de quarentena. A central foi implantada no dia 27 de março. Desde a inauguração até hoje, a equipe de psicólogos do Município já realizou mais de 30 atendimentos.

As escutas são feitas por telefone e cada conversa dura em média 20 minutos. O objetivo é fazer com que o paciente compreenda seus sentimentos e tenha ferramentas para lidar com esse período de reclusão. “É um atendimento gratuito e o nosso objetivo é acolher e fazer com que a pessoa que esteja nos ligando consiga diminuir um pouco a sua dor e, minimamente, enfrentar essa situação que todo mundo está passando”, explica a coordenadora do Núcleo Ampliado de Saúde da Família – Atenção Básica, Isadora Campos.

“A gente também pede para que fiquem em casa. Estamos lá para fazer esse acolhimento para vocês. Qualquer pessoa pode nos procurar. Os contatos são apenas por telefone. Se a pessoa ligar e der ocupado, pode ter certeza que a gente retorna. Se a pessoa ligar e der fora de área, pode mandar uma mensagem de texto que a gente também vai ligar de volta”, informa Isadora Campos.

O acolhimento também atende pessoas que já faziam o acompanhamento nas Unidades Básicas de Saúde e que, com a pandemia, tiveram que suspender o atendimento presencial. Os profissionais atendem de segunda a sexta-feira, em dois turnos: das 8h às 12h e das 14h às 18h. Os interessados podem entrar em contato pelos números 98813-9006 / 98813-9007.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Kelly Pantoja
Assessora de comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *