Prefeitura de Macapá monitora pontos de alagamento e mobiliza equipes de emergência

O prefeito de Macapá, Dr.Furlan, esteve nas ruas do centro da cidade nesta segunda-feira (1º) para monitorar a situação dos pontos alagados devido às fortes chuvas. Acompanhado da equipe de secretariado, o gestor também conversou com comerciantes que tiveram prejuízos com a inundação e ressaltou o trabalho que o Município vem desenvolvendo na limpeza dos canais e desobstrução de passagens de água.

Segundo o Núcleo de Hidrometeorologia e Energias Renováveis (NHMet), do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa), o grande volume de chuvas coincidiu com a alta da maré no Rio Amazonas. Por essa razão, apesar das frentes de limpeza da Prefeitura de Macapá, diversos pontos da cidade foram inundados.

Comportas

A Secretaria Municipal de Obras (Semob) é a pasta responsável pelo manejo das comportas da cidade, que são monitoradas 24h, de acordo com um protocolo profissional pré-definido, seguindo a tábua das marés.

“A Semob segue um protocolo ininterrupto de monitoramento das comportas da cidade, inclusive em regime de plantão por 24h. Este trabalho é realizado por profissionais capacitados”, explicou o secretário Otávio Fonseca.

Obras

No centro de Macapá, comerciantes reclamam de novos pontos de alagamento, inclusive de trechos que passaram por obras no final do ano passado. A comerciante Elizabeth Moraes, que tem um empreendimento no centro comercial, disse que foi a primeira vez que a loja dela alagou. “Já enfrentamos outras chuvas fortes, mas esta foi a primeira vez que minha loja foi pro fundo. Perdi muita mercadoria e isso é inadmissível porque a rua passou por uma obra recentemente.”

O prefeito iniciou um processo de auditoria dos investimentos nos diversos trechos de Macapá que recentemente receberam serviços de recapeamento.

Limpeza

A Secretaria da Zeladoria Urbana iniciou na manhã desta segunda-feira a limpeza do canal do bairro Santa Inês. O trabalho deve retirar cerca de cem toneladas de entulhos e desobstruir o local, evitando causas de alagamento.

O Canal do Santa Inês, que também corta os bairros Trem, Beirol e antigo Conjunto Mucajá, foi o primeiro a receber os serviços do Plano de Atendimento Emergencial (PAE), criado para preparar a cidade para o período chuvoso que promete ser rigoroso esse ano.

A equipe conta com o trabalho de 60 homens, 7 caçambas, 3 retroescavadeiras e duas pás mecânicas. O entorno da Escola Antônio Barbosa e Praça do Skate também receberam manutenção. Ainda foi feita a poda de árvores e retirada de pequenas lixeiras irregulares.

Conscientização

A Prefeitura tem atuado diariamente na conscientização da população para manter a cidade limpa. A prática do descarte irregular do lixo contribui para o entupimento de bueiros e galerias de esgoto. A Zeladoria Urbana dispõe do Disque Denúncia pelo número 99970-1078, que funciona das 08h às 12h e das 14h às 18h. O contato também recebe mensagem de texto e WhatsApp.

Secretaria Municipal de Comunicação Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *