Prefeitura de Macapá reúne com representantes de escolas de idiomas e cursos livres para tratar sobre medidas para retorno das atividades presenciais

Na manhã desta segunda-feira, 10, o prefeito Clécio Luís reuniu com representantes de escolas de idiomas e cursos livres de Macapá para tratar sobre as medidas para o retorno das atividades presenciais. As escolas de idiomas e cursos livres estão sem atividade presencial desde o dia 18 de março, conforme o Decreto Municipal nº 1.711, de 23 de março de 2020.

Na ocasião, o chefe do Executivo municipal ressaltou que entende da importância das atividades educacionais tanto para os que buscam se profissionalizar quanto para os trabalhadores, que precisam voltar às suas funções, mas que tudo precisa ser feito com cautela e planejamento para que não haja retrocessos. “Precisamos dar um passo de cada vez. Estamos passando por um período difícil e sabemos da dificuldade de todos. Então, a partir desses diálogos, buscamos sempre as melhores soluções para atender toda a população sem riscos e seguindo todos os protocolos de segurança e de higiene que devem ser adotados pelos estabelecimentos e pela sociedade”, ressaltou Clécio.

Em diálogo com a Associação de Cursos Livres de Macapá, a prefeitura sinalizou positivo e o retorno dessas atividades pode ocorrer ainda em agosto, com regras rígidas de higiene e segurança. “Foi um período que ficamos totalmente fechados, sem aulas presenciais, tempos muito difíceis que nunca imaginávamos viver. Agora, aguardaremos o retorno ansiosos para retomar os trabalhos e, claro, seguindo todas as determinações dos órgãos de saúde e decretos municipais. Agradecemos a Prefeitura de Macapá por ter nos recebido e dialogado com a gente em busca de soluções”, pontuou Cláudio Gonçalves, presidente da Associação de Cursos Livres de Macapá.

Nossa maior dificuldade foi manter nossos colaboradores, que jamais poderíamos deixar de atendê-los diante desta crise. Buscamos soluções para que as atividades não parassem. Algumas empresas conseguiram manter de forma online, mas muitas não tiveram essa sorte e fecharam totalmente. A esperança é de dias melhores para todos”, disse Shahla Lotfi, diretora de uma escola de idiomas de Macapá.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Kelly Pantoja
Assessora de comunicação
Fotos: Cleito Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *