Presente ungido

                                                                                       Por Clóvis Cabalau

É Natal. E nada como aproveitar a data para dar um presente “ungido” para quem você ama. Nesse caso, uma “boa pedida” é o óleo colorido da unção, ao preço de R$ 50,00. Pode parecer piada (de mau gosto), mas fui testemunha do fato. Certa feita, um “irmão” foi até a igreja, em pleno culto de domingo, oferecer seus produtos “abençoados”, que se tratavam de umas garrafas pet – de 600ml, salvo engano – cheias de um óleo colorido (rosa, verde, e azul…, ao gosto do cliente) com um rótulo tosco dizendo “Óleo da Unção” e uma etiqueta de preço (apenas R$ 50,00). Quando vi, não acreditei. Ri para não chorar. Será que tem gente que compra esse tipo de coisa?! – pensei. Pior que deve ter.

Outra opção natalina é levar a pessoa que você ama para o culto da unção com azeite ungindo no Jardim do Getsêmani. Essa eu ouvi numa rádio aqui da Ilha. “Venha receber uma unção especial e ser ungido com azeite consagrado pelos pastores da igreja tal no Jardim do Getsêmani, em Israel” – dizia o comercial. Uma verdadeira tentação à idolatria e à superstição. Perfeita para os adeptos do misticismo gospel. Ao invés da “água benta” milagrosa ou da “rosa ungida”, vá receber as gotículas do azeite do Getsêmani. É tiro e queda.
Afinal, estamos falando do lugar onde Jesus, em agonia, suou gotas de sangue, antes de ser preso, açoitado e crucificado. Se o cliente der sorte, na saída do culto poderá adquirir seu próprio vidrinho de “azeite santo” para ungir o carro zero que o “Deus da prosperidade” vai lhe dar.

Neste Natal, não vão faltar opções de presentes criativos em uma igreja mística próxima de você. E aproveitando o ensejo, não deixe de comprar a sua roupar branca para o Reveillon ou, para os adeptos da teologia da prosperidade, um modelito amarelo ou dourado, que costuma “atrair” muita grana ao ano novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *