Prevenção à Corrupção: MP-AP visita Escola Municipal Piauí, em Santana


O procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Márcio Augusto Alves, visitou na manhã desta quarta-feira (24), a Escola Municipal Piauí, localizada no Igarapé da Fortaleza, município de Santana. A ida do PGJ ao educandário foi para acompanhar a realização da Oficina de Audiovisual desenvolvida com os alunos envolvidos no “Projeto Prevenção à Corrupção: o MP vai à escola”, que faz parte da ação estratégica do órgão ministerial, que objetiva promover a reflexão crítica acerca do fenômeno da corrupção e sua consequência para o conjunto da sociedade.

O “MP vai à escola” envolve dez escolas das redes estadual e municipal de ensino, que após um processo de debates sobre a corrupção, passaram à segunda fase do trabalho, que consiste na produção de um vídeo construído pelos estudantes, com o apoio e colaboração de Karina Soares Pacheco e Marcella Fonseca, acadêmicas do Curso de Jornalismo da Universidade Federal do Amapá (Unifap), parceira do MP-AP.

Durante o encontro, os alunos tiveram a oportunidade de expressar os aprendizados construídos e seus sentimentos acerca do projeto. O aluno Sebastião Gomes Pantoja, do 5º ano, disse “além de aprender mais sobre o problema da corrupção, também aprendi sobre técnicas de entrevista”, o que foi visível na acolhida promovida por Sebastião e sua colega Jamile Pastana Oliveira, que receberam o PGJ simulando uma abordagem de entrevista.

O professor da escola, Leonardo Ferreira dos Santos, um dos responsáveis pelo projeto, destacou que “o trabalho foi desafiador, mas muito relevante e só foi possível pela total dedicação dos alunos e apoio das acadêmicas de Jornalismo da Unifap”.

Já a professora Rosilene Correa afirmou que o projeto já vem demonstrando efeitos práticos. “A escola tinha um problema constate com o desaparecimento de material didático dos alunos, depois dos diálogos promovidos pelo MP-AP essa prática não tem se repetido no cotidiano da escola”, relatou.

Erica Patrícia Dias Góes, diretora da escola, agradeceu a parceria com o Ministério Público do Amapá e colocou-se à disposição para dar continuidade ao trabalho de prevenção primaria à corrupção nos próximos anos.

Diante de todas as manifestações da comunidade escolar, Márcio Alves agradeceu a parceria e envolvimento de todos, e os convidou para se engajarem na cerimônia de encerramento do “MP vai à escola”, que será realizada no dia 06/12/2018, no Teatro das Bacabeiras, em um evento alusivo ao Dia Internacional de Combate à Corrupção, realizado em parceria com a Controladoria da Geral da União (CGU).

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *